sábado, 29 de janeiro de 2011

PARA PAIS E CATEQUISTAS

Quem vai à catequese fica mais obediente e educado?
Esta pergunta é a pergunta mais frequente feita pelos pais no inicio do ano, quando começam as inscrições de catequese. 
Vejamos que nos diz este texto:

   "A catequese é uma preparação para a vida.Ela ajuda a pessoa a conhecer e a vivenciar o projeto de Jesus no dia-a-dia.Mas ela não dá conta de educar totalmente um ser humano. A primeira educadora de uma criança é sempre sua própria família.
   A educação mais eficaz vem pelo exemplo. Uma família que vive bem educa bem as crianças. Viver bem é praticar a justiça e a solidariedade, num ambiente terno e acolhedor. Essas condições ajudam a formar pessoas de bem com a vida.
   Por muito tempo, a catequese foi vista como um lugar de correção. Muitas famílias pensavam que seus filhos, indo à catequese, ficariam mais mansos e obedientes. A religião era tida como freio para o mau comportamento das crianças.
  Em geral, o freio não era o gosto pela catequese, mais o medo de Deus. É o que hoje chamamos de "pedagogia do medo". Falava-se de Deus como um Pai autoritário, severo e vingativo, sempre disposto a castigar.
   Para intimidar as crianças, muitos adultos diziam e repetiam:
   -Não faça isso, que Deus tá vendo!
   -Não faça aquilo, que Deus castiga!
   -Olha que você vai penar no inferno!
   Com isso, as crianças passavam a ter medo de Deus. Em vez de a catequese levar a um relacionamento íntimo e amoroso com Deus, levava as crianças a temer e a se distanciar Dele. Tudo isso para garantir que as crianças tivessem um bom comportamento, que certamente teriam, se tivessem o exemplo dos pais e catequistas.
   A função da catequese também não é colocar freio em ninguém. Freio é para carro, que precisa ser dirigido. Catequizando é um ser humano que está aprendendo a dirigir a própria vida. Não precisa de freio, mas sim do bom exemplo, da compreensão e do respeito da família e dos catequistas.

Fonte: Catequese Hoje
            Editora Paulus

3 comentários:

Helso e Ivani disse...

Olá minha chará, adorei seu blog. Esse texto é excelente porque nos leva a refletir sobre a melhor forma de conduzir os catequizandos a experimentar e conhecer um Deus que é Pai misericordioso.
Bom final de semana para você. Visite nosso blog também viu? Estamos te seguindo.
Abraços e fique com Deus.

Caminhando com Jesus ! disse...

Oi Ivani gostei muito do seu blog,minha mãe é catequista e este texto vai ajuda-la na sua missão tenho 10 anos e estou na perseverança aqui na minha Paróquia,faça uma visitinha ao meu blog.Fique com Deus.

Caminhando com Jesus ! disse...

Oi Ivani obrigado pela visita,minha mãe começa com crianças de 7 e 8 anos a Pré-catequese e caminha com eles até a Primeira Eucaristia com 10 anos onde fizemos o ano passado a Primeira Eucaristia eu comecei com ela com 7 anos onde participava de todas reuniões de catequistas onde me chamavam de futura catequistas eu e minha irmã que tinha 5 aninhos,eu quero ser como minha mãe Catequista estou começando com a Perseverança e quero ser coroinha. Fique com Deus!! bjss!